Busca avançada

Você já conhece o editor de Banco de Dados da Microsoft?

quinta-feira, 25 de outubro de 2018 por Herbert Durante Perazzelli
Você já conhece o editor de Banco de Dados da Microsoft?

Oficialmente lançado em setembro/2018, o Azure Data Studio (ADS) é uma continuação do SQL Operations Studio. A função dessa ferramenta é servir como um editor de banco de dados (local e na nuvem) da família Microsoft.

Apesar de ser um complemento do MS SQL Server Management Studio, se as comparamos, o ADS é uma ferramenta bem mais leve e pode ser instalada nas plataformas iOS e Linux, além do próprio Windows.

Sua interface é mais moderna, inteligente e personalizável.

Nele também é possível a geração de gráficos de resultados das consultas para análise. Outra novidade é a exportação dos resultados em CSV, XLSX ou JSon e a pesquisa de objetos da base muito mais ágil.
O ADS continuará sendo atualizado mensalmente e, no momento, oferecendo suporte para SQL Server local e Azure, junto com suporte em versão preview para a Instância Gerenciada do SQL do Azure, o SQL Data Warehouse do Azure e o SQL Server 2019 Big Data.

Entretanto, por ser uma ferramenta mais leve e voltada para o ambiente Cloud, o ADS não vem com alguns complementos como o Replication, assistente de cópia de dados, SQL Mail, PolyBase, entre outras funcionalidades.

Da sua nova dinâmica, podemos destacar os seguintes itens:

- Editor de código (T-SQL) com o IntelliSense
Experiência que facilita as tarefas diárias com recursos internos, como várias janelas de guia, um editor T-SQL avançado (IntelliSense) com preenchimento de palavra-chave, trechos de código, navegação de código e controle de origem integração (Git). Executar consultas do T-SQL e sob demanda, exibir e salvar os resultados como texto, JSON ou Excel.

- Trechos de código inteligentes do T-SQL
Trechos de código T-SQL geram a sintaxe com padrão das melhores práticas SQL Server para criar BD, tables, views, procedures, etc.

- Servidor personalizável e painéis de banco de dados
Criar painéis personalizáveis para monitorar e solucionar rapidamente os gargalos de desempenho.

- Terminal integrado
Permite usar ferramentas de linha de comando (por exemplo, Bash, PowerShell, sqlcmd e bcp e use o ssh) na janela do Terminal integrado dentro de Studio.

Querendo aprender a utilizar o banco de dados do Windows e aproveitar todos esses benefícios? Comece se inscrevendo na próxima turma de SQL Server para Iniciantes:


Referências:

https://docs.microsoft.com/pt-br/sql/azure-data-studio/what-is?view=sql-server-2017
https://azure.microsoft.com/pt-br/updates/azure-data-studio-is-now-available/
https://cloudblogs.microsoft.com/sqlserver/2018/09/25/azure-data-studio-for-sql-server/
https://docs.microsoft.com/pt-br/sql/azure-data-studio/download?view=sql-server-2017

Compartilhar

Herbert Durante Perazzelli
Autor
Herbert Durante Perazzelli

Atua há mais de 5 anos como DBA MS SQL Server realizando atividades de administração/manutenção de ambientes, elaboração/execução de novos projetos e orientação de equipe de desenvolvimento T-SQL com as boas práticas SQL Server. Atuou, também, como professor de SQL Server por 2 anos no SENAC. Com formação acadêmica e estudos focados em Banco de Dados, atualmente possui um MBA em Gestão de Banco de Dados e 3 Certificações MS SQL Server 2012 (nível MCSA). Principais empresas onde prestou serviço: SEBRAE, CPTM, Sadia, JUCESP, Positivo e Nox Automação.